terça-feira, 1 de abril de 2014

A falsa piscina

A primeira vista pode parecer truque de fotografia porém esta extraordinária “falsa piscina” foi especialmente desenvolvida para o Museu de Arte Contemporanea no Japão. Sua estrutura é toda de pedra calcaria. Sendo vista pela parte externa parece estar cheia de agua mas na realidade tem apenas 10 cm de agua sustentada por um vidro transparente. Na parte inferior do vidro há um espaço vazio com paredes em tom de azul como a de uma piscina tradicional, é neste espaço interno que os visitantes podem caminhar e apreciar a beleza da obra.



Homem no saxofone ou o rosto de uma mulher?

Ao olhar de perto esta ilusão em branco e preto, o que você vê? A face de uma mulher, um homem tocando saxofone ou as duas imagens ao mesmo tempo?


A dançarina que gira

A dançarina que gira é uma ilusão de ótica cinética que nos leva a crer que há uma mulher fazendo movimentos giratórios. De inicio, alguns observadores veem a figura girando no sentido horário e outros veem sentido anti-horário. Além disso, de repente a figura pode ser vista girarando no sentido oposto.A ilusão deriva de uma ambiguidade inerente da falta de percepção visual da profundidade. Há outras ilusões de ótica que se originam do mesmo tipo de ambiguidade visual, como o cubo de Necker.


quarta-feira, 8 de maio de 2013

Voando na Praia

A primeira vista pode parecer que esta moça está em pleno voo enquanto fala na praia. A ilusão de ótica se deve ao efeito da perspectiva causada pela sombra de uma bandeira posicionada na areia com aspecto de plataforma de madeira. Observe bem e veja que não há nenhum truque de fotografia e que a moça na verdade não está voando.

Tubo ou Arco Gigante?

A maneira como esta foto foi tirada nos faz pensar que estamos vendo um enorme arco metálico no meio da paisagem. No entanto, não é mais do que um pequeno tubo que foi posicionado num ângulo que devido ao efeito da perspectiva produz uma ilusão ótica que o faz parecer muito maior do que na realidade é.