domingo, 27 de maio de 2007

A ilusão de Hering

Apesar de ser muito antiga, esta ilusão não deixa de ser um clássico para se incluir em qualquer coletânea. Trata-se de uma imagem criada pelo fisiólogo alemão Ewald Hering em 1861. Ao olharmos as linhas horizontais parecem estar curvadas, mas na realidade são perfeitamente retas. A distorção aparente produz-se pelo desenho radial do fundo, que estimula a perspectiva e cria uma falsa impressão de profundidade.

Ilusión de Hering

terça-feira, 22 de maio de 2007

A Lua em movimento

Inicie o vídeo e fixe seu olhar no centro da espiral sem desvia-lo. Quando chegar ao final do vídeo seu cérebro estará adaptado ao movimento visual e vai te levar a uma surpresa astronômica.


terça-feira, 15 de maio de 2007

Losangos cinzentos

Observa estes losangos. Sem dúvida vai pensar que há uns mais escuros que outros. Mas não, seu cérebro te engana. Todos os losangos desta imagem têm a mesma cor ainda que pareça que estão em diferentes nuances de cinzas.

Ilusión óptica - Rombos grises

terça-feira, 8 de maio de 2007

O reparador da linha telefônica

Mantenha sua visão fixa no ponto central da imagem que aparece neste vídeo. Num dado momento a imagem mudará e por um instante você vai ter a impressão que o vê em cores apesar de que só se mostra uma foto em preto e branco. Isto é devido a um princípio conhecido como adaptação cromática. É o mesmo princípio pelo cual ao sair a um terraço desde um ambiente muito iluminado não podemos ver as estrelas até que nossa vista se adapte a uma intensidade de luz inferior. Também devido a isto vemos uma maçã de cor vermelha quer esteja iluminada pela luz do sol, por um lume ou por luz artificial. Este mecanismo de adaptação permite ao olho recuperar-se de uma excessiva sensibilidade ante um estímulo particular.